quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Projeto Dos+Forte teve uma tarde de muito movimento na Zona Norte de Manaus

Projeto Dos+Forte teve uma tarde de muito movimento na Zona Norte de Manaus com Palestras e Orientações.
FJComment Commente Aki

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Nada a perder é lançado no presidio em Minas Gerais

Detentos do Presídio Inspetor José Martinho Drummond, em Ribeirão das Neves, na região Metropolitana de Belo Horizonte, tiveram uma manhã especial nesta terça-feira (13), ao participarem do lançamento da biografia “Nada a Perder”, primeiro volume da trilogia que registra a trajetória do bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. O livro, escrito em coautoria com Douglas Tavolaro, vice-presidente de Jornalismo da Rede Record, é a primeira obra literária de grande tiragem lançada dentro de um ambiente carcerário no Brasil. A exemplo do que aconteceu em São Paulo, a ação inédita reuniu 140 detentos da ala 3 da unidade prisional mineira. “Momentos de angústia e superação da história de Edir Macedo, nunca antes contada, com um relato detalhado dos dias em que ficou preso em uma delegacia de São Paulo, agora vão ajudar outras pessoas na cadeia”, contou o bispo Mauro Celso, que há seis anos trabalha com a comunidade carcerária em Minas. “A expectativa deles em receber o livro era grande, pois já conhecem o nosso trabalho e acreditam em Edir Macedo. Com a leitura, eles vão refletir, vão se sentir melhor, e terão mais fé, o que é muito importante na situação em que se encontram”, disse Mauro Celso. Recepção calorosa Com a chegada da equipe de evangelização, os detentos, reunidos no pátio da ala 3, receberam com palmas as palavras de força e solidariedade de Mauro Celso. Ali, no meio de pessoas que cumpriam penas por diversos crimes, foi realizado um culto propondo mudanças relevantes na vida de cada um. Ansiosos, os detentos folhearam os exemplares distribuídos pela equipe. “Acredito que ao ler o livro vou adquirir fé e sabedoria através da palavra de Edir Macedo”, disse Warlley Vilario, de 29 anos, que cumpre pena por explodir caixas eletrônicos na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Já o interno Robson Pereira dos Santos, de 26, não conteve a emoção e chorou ao falar da expectativa em receber o livro. “É uma vitória na vida da gente. Sou admirador do bispo e, q euando vi em jornais que o livro seria distribuído em presídios, fiquei muito entusiasmado e escrevi uma carta ao bispo Mauro Celso, que já faz um trabalho aqui, pedindo para sermos contemplados, contou Santos. Ele revelou que se entregou à polícia para cumprir pena, após entender e compreender seus erros. “A palavra de fé nos ajuda, nos mostra que há uma segunda chance para todos”, disse emocionado. Ação nas unidades prisionais Outros dois detentos, de uma ala diferente, receberam o livro e falaram sobre a força que o trabalho de evangelização nas unidades carcerárias tem sobre as pessoas. “Eles nos ajudam muito. Aqui o pessoal fica nervoso facilmente, com a palavra de fé ficamos mais calmos. O livro vai nos ajudar a vencer mais uma etapa”, contou José da Silva, preso há dois anos e meio por cometer crime de natureza hedionda. José Adilson da Silva, de 48 anos, cumpre pena de 70 anos, também por crime hediondo, revelou que sua vida mudou. “Lá fora eu não procurava a igreja. Conheci a palavra de Deus aqui dentro. Conhecer o bispo Celso foi uma mudança na minha vida. Vou ler o livro, acredito na mudança, e, por isso, sou outra pessoa hoje”, disse. “Cheguei desesperado, sem perspectiva de vida, não acreditava em mais nada. Aqui dentro eu conheci a palavra, que me ajudou e vai ajudar outras pessoas. O ser humano tem de ter um propósito, e hoje em tenho o meu”, falou Douglas da Silva Rodrigues, de 28 anos, que cumpre pena há três anos, de um total de 17, por tráfico de drogas. Recuperação do condenado O evento foi prestigiado e elogiado por autoridades do Judiciário mineiro presentes no evento. André Mourão, Superintendente de Segurança Prisional, afirmou que o trabalho da Igreja Universal é fundamental no objetivo de recuperação do condenado. Segundo ele, o livro é uma forma prática de mostrar que o trabalho de evangelização funciona. “A assistência religiosa no sistema prisional é muito importante. Através do trabalho de evangelização, o detento fica mais tranquilo. Aqui dentro, ele procura um colo, e Deus é esse colo. A partir da leitura, eles compreendem, entendem seus erros, se recuperam e, alguns, até são convertidos”, explicou Mourão. O Presídio Inspetor José Martinho Drummond tem hoje 1.640 detentos, divididos em 16 alas. Seu diretor geral, Tadeu Coelho Ribeiro, lembra que o trabalho de evangelização atinge não somente aos detentos, mas todos os envolvidos, como agentes e familiares. A partir do momento que eles têm acesso à questão religiosa, isso só tem a favorecer. Mauro Celso lembrou que a ação na unidade onde foram distribuídos 400 exemplares da biografia “Nada a Perder” é apenas a primeira em Minas. Outras serão contempladas. Nesses seis anos de trabalho aqui no Estado batizamos nas águas 2.800 detentos, comprovando que estamos no caminho certo”, finalizou o bispo. Sucesso de vendas Os números atuais revelam a consolidação de um novo best-seller no mercado editorial brasileiro. Cerca de um mês após seu lançamento, a obra “Nada a Perder” (Editora Planeta), do bispo Edir Macedo, é uma das mais vendidas no país em 2012. Além de liderar as principais listas dos mais vendidos do Brasil em seis semanas consecutivas, o livro soma um número de vendas impressionante para a realidade de livrarias e editoras. Desde o lançamento, o site PublishNews, termômetro do mercado editorial, contabiliza 74.302 livros vendidos no ano. Isso faz dele um dos lançamentos de maior sucesso dos últimos anos. Nas vendas acumuladas em 2012, "Nada a Perder" ultrapassou o fenômeno editorial "A Guerra dos Tronos" (Editora LeYa), de George R. R. Martin. Foram 68.316 livros vendidos da série que é sucesso em todo o mundo, e que também tem sua versão televisiva. Sendo que "Nada a Perder" foi lançado em agosto deste ano, durante a Bienal, e a obra de Martin, no final de junho. Outro livro que ficou para trás após o lançamento de "Nada a Perder" é o de Danuza Leão - "É Tudo Tão Simples" (Editora Agir), que acumula vendas de 67.732 exemplares. O livro de Edir Macedo também superou a vendagem de lançamento de "Steve Jobs - A Biografia" (Companhia das Letras), que acumula 55.130 exemplares comercializados no ano. E a obra foi lançada com o apelo da morte do criador da Apple. Fonte: Gledson Leão - Do Portal HD/Fotos: Samuel Costa FJComment Commente Aki

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Sentindo Vontade ou Não




Sentindo vontade ou não,
eu vou acordar e sair da cama na hora certa.

Sentindo vontade ou não,
eu vou cumprir o meu dever com o meu corpo e exercitar todas as manhãs.

Sentindo vontade ou não,
eu vou fazer meu trabalho primeiro e me divertir depois.

Sentindo vontade ou não,
eu sempre vou cumprir as minhas promessas.

Sentindo vontade ou não,
eu vou perdoar aqueles que me ofenderam.

Sentindo vontade ou não,
eu vou fazer os sacrifícios necessários para alcançar os meus objetivos.

Sentindo vontade ou não,
eu sempre vou dizer a verdade.

Sentindo vontade ou não,
eu vou resistir à tentação de gastar o dinheiro que eu não tenho.

Sentindo vontade ou não,
eu vou ficar longe de pessoas que não acrescentam nada à minha vida.

Sentindo vontade ou não,
eu não vou deixar que o meu coração controle a minha mente.

Sentindo vontade ou não,
eu vou guardar os meus olhos de olhar para onde não devem.

Sentindo vontade ou não,
eu vou fazer o que é certo.

Sentindo vontade ou não,
quer você goste ou não,
se o mundo me ama ou me odeia por isso,

Eu vou manter a minha fé.

Sempre.

Porque eu não vivo pelo que eu sinto.



PS. E você? O que você vai fazer, quer sinta vontade ou não? Você se importaria de escrever sua decisão abaixo para ajudar ou inspirar a outros? Obrigado!

Mensagem do: Bispo Renato Cardoso

3º e 4º Dia do Jejum de Daniel

3º Dia


4º Dia


1º e 2º Dia do Jejum de Daniel

1º Dia


2º Dia